FASE DE REPESCAGEM: Basquetebol m

No pavilhão desportivo do Instituto Superior Técnico, em Lisboa, disputou-se a Fase de Repescagem de Basquetebol Masculino. Os últimos cestos foram decididos entre as equipas apuradas da Zona NCS, Académica de Coimbra e AAUM, do Campeonato Académico do Porto, AEFCDEF e AEFEUP, do Campeonato Universitário de Lisboa, AEIST e AAULHT, e da Região Autónoma, AAUMa.



Coimbra e Madeira, venceram nas meias-finais e asseguraram desde logo o lugar na fase final. O 3º e 4º lugar foram disputados entre a Associação Académica da Universidade do Minho e pela equipa da casa, AEIST. Num jogo renhido, a AAUM, venceu por 57-54 e garantiu o apuramento directo.


“Estar cada vez mais perto do título é muito bom, mas tem de se pensar num jogo de cada vez para chegar mais longe”


João Pedro Vieira, jogador da AAUMa, revela que a estratégia para esta fase foi o de construir os objectivos jogo a jogo. Quanto aos adversários, não conhecia nenhuma equipa, pois apenas entrou nesta fase. “Não fazíamos ideia do nível praticado a nível universitário”, afirma. Na fase de grupos disputaram a equipa do Minho, que considera ser uma equipa muito forte. Na meia-final, encontraram o Técnico, do qual conhece bastantes jogadores: “foi um jogo muito interessante”.

A nível de organização comenta que é de louvar o facto de uma prova com tantos clubes não ser fácil organizar em poucos dias de competição. “Já estive em muitas provas em que as coisas não correram tão bem, mesmo em campeonatos profissionais”, diz.

Desde 2001 que pratica basquetebol federado. Contudo, parou este ano e joga só no universitário. Esta é a primeira vez que joga e a grande maioria dos jogadores da equipa da Madeira também, apesar de haver alguns jogadores que participaram no futebol 11 e no ténis universitário.

João Vieira considera o desporto universitário é fundamental para mudar os maus hábitos: “o sedentarismo está a tomar conta da nossa sociedade e o DU permite aos que têm dificuldade em praticar exercício físico tenham mais fácil acesso ao desporto”.




Há 2 meses no Basquetebol universitário


Da equipa que se sagrou no 2º lugar da fase de repescagem, Académica de Coimbra, falamos com com José Talufa, o jogador mais recente da equipa. Há 2 meses que pratica basquetebol universitário e até agora só tinha tido a oportunidade de competir no II Torneio de Apuramento da Zona NCS. É federado há 11 anos, praticou em diferentes clubes e actualmente está nos Olivais de Coimbra.

Por considerar as equipas um bocado fracas no torneio de Aveiro, pensou que a fase de repescagem fosse mais fácil. “Houve muita qualidade”, sendo a equipa do Minho, pelos seus valores individuais, e a equipa da casa (AEIST), pelo nível estratégico, as equipas mais fortes na sua opinião.

Revela que o torneio foi importante para motivar a equipa. Contudo existem dificuldades em relação à época passada. Houve muita gente que saiu e muita gente nova a entrar. Nem sempre treinam todos juntos, tornando a equipa menos unida por não se conhecem muito bem.

Com o apuramento para o Europeu em jogo, também existe mais competitividade nas outras equipas, “não estou a dizer que estamos mais fracos, mas todos nós gostávamos de ir jogar à Polónia”.

Apesar de não se levar muito a sério o desporto universitário, José Talufa, culpa o próprio sistema por valorizar mais os clubes federados do que qualquer desporto universitário, ao contrário dos Estados Unidos da América. “Vale a pena investir no DU para melhorar o nível do Basquetebol em Portugal”, afirma o atleta.
e-max.it: your social media marketing partner
 

Apoios Institucionais

Governo Português
IPDJ

Patrocionador Principal

Jogos Santa Casa

Parceiros

COSMOS
CISION

Membro

FISU
EUSA
COP
CPP
CDP
CNJ
FADU

Avenida Professor Egas Moniz
Estádio Universitário de Lisboa, Pavilhão nº1
1600-190 - Lisboa

e: fadu@fadu.pt
t: (+351) 21 781 81 60
f: (+351) 21 781 81 61

Newsletters

Social

ptenfr

FADU - Todos os Direitos Reservados © 2015
Desenvolvido por Drop Agency

Este website utiliza cookies que permitem melhorar a sua navegação. Ao continuar a navegar, está a concordar com a sua utilização. O que são Cookies?