Bruno Barracosa eleito membro do Comité Executivo da EUSA e nomeado vice-presidente

Bruno Barracosa, presidente da Federação Académica do Desporto Universitário (FADU) entre 2010 e 2013, foi nomeado um dos três vice-presidentes da Associação Europeia do Desporto Universitário (EUSA), ascendendo ao mais alto cargo diretivo ocupado por um português naquela organização. A nomeação seguiu-se à eleição como membro do Comité Executivo para o mandato 2021-2025, que decorreu este fim de semana na Assembleia Geral da EUSA, onde reuniu 42 dos 43 votos possíveis.

 

 

Barracosa, que começou o seu percurso como dirigente na Associação de Estudantes do Instituto Superior Técnico, tendo depois ocupado o cargo de tesoureiro na Associação Desportiva do Ensino Superior de Lisboa e mais tarde sido eleito presidente da FADU, reconhece a importância de todo este percurso. ‘Se todas estas experiências não tivessem sido boas e enriquecedoras, não teria continuado’, disse, reconhecendo que a FADU - eleita cinco vezes a federação mais ativa da europa nos últimos anos -, teve um papel muito importante. ‘Além do mérito pessoal, o facto de ser português ajudou muito nesta nomeação, porque a FADU tem um papel fundamental na organização. Sistematicamente participa em tudo o que é eventos internacionais, organiza eventos desportivos e não desportivos de qualidade, assembleias, galas, reuniões do comité executivo e das comissões… somos um país importante para a organização. Acaba por ser um reconhecimento implícito à FADU o facto de Portugal ter uma das vice-presidências da EUSA’.

 

O presidente da FADU, André Reis, garante que Portugal tem agora um digno representante na vice-presidência. ‘Estamos muito contentes com a eleição do Bruno para o próximo mandato do Comité Executivo da EUSA, tendo sido o candidato mais votado nestas eleições, e com a sua nomeação como um dos três vice-presidentes. Este resultado evidencia o excelente trabalho realizado pelo Bruno até aqui, e a importância de Portugal no contexto do desporto universitário europeu. Portugal continuará muito bem representado.’

 

O presidente da FADU, André Reis (esq.), Bruno Barracosa (centro) e o secretário-geral da FADU, Manuel Veloso (dir.)

 

Na assembleia, realizada este ano em Budapeste, depois da última edição ter decorrido em Aveiro (2019), foram eleitos como presidente e primeiro vice-presidente, respetivamente, Adam Roczek (Polónia) e Haris Pavletić (Croácia), tendo sido nomeados em seguida três vice-presidentes: Ivana Ertlova (República Checa), Bruno Barracosa (Portugal) e Joerg Foerster (Alemanha). Cada um dos vice-presidentes tem uma missão específica e a de Bruno Barracosa estará relacionada com as áreas de responsabilidade social. ‘Fiquei com a pasta relacionada com as questões da sustentabilidade ambiental, resiliência, igualdade de oportunidades, luta contra a discriminação de géneros e sexual, e antidopagem. Temos muitos projetos com a União Europeia e eu vou ficar com essa parte’, descreveu, referindo que a paragem a que a pandemia obrigou permitiu também que a organização europeia se pudesse dedicar mais às questões sociais. Nos últimos dois anos foi chair da Comissão para a Igualdade de Oportunidades e participou na redação da proposta de alteração de estatutos que permitiu estabelecer para estas últimas eleições [do Comité Executivo da EUSA] uma quota mínima para o género minoritário. ‘No desporto este é um tema ainda muito mal trabalhado por algumas organizações e por isso a nossa abordagem a este tema está a ser progressiva. Começamos com 20 por cento e nos próximos 12 anos (três mandatos) está previsto o aumento gradual até chegar aos 40 por cento’, explicou, dando como exemplo de uma das suas áreas de atuação.

 

A nomeação foi recebida com alguma surpresa, embora o caminho trilhado tenha, a esta distância, tornado o processo natural. ‘Tive algumas pistas de que poderia vir a acontecer, mas não fazia sentido falar nisso porque não tinha havido a eleição para o comité e seria sempre prematuro. Olhando para trás percebo a nomeação, no sentido em que eu já era a pessoa que mais trabalhava estas questões. Ao mesmo tempo não era garantido porque ser nomeado vice-presidente no segundo mandato não deixa de ser uma coisa atípica’, disse, ele que passou também pela presidência da Comissão de Estudantes.

 

Aos 38 anos, Bruno Barracosa é o vice-presidente mais novo da EUSA e o primeiro português a ocupar o cargo. Em paralelo com o percurso nas estruturas nacionais e europeias ligadas ao desporto universitário, formou-se em Engenharia e Gestão Industrial no Instituto Superior Técnico de Lisboa, fez o mestrado em Gestão de Energia na École Polytechnique, e frequenta agora o doutoramento em Matemática Aplicada na Centrale Supélec, em França. ‘Quem corre por gosto não cansa’ concluiu.

e-max.it: your social media marketing partner

Apoios institucionais

                          

Patrocionador Principal

Jogos Santa Casa

Parceiros

CISION

Membro

EUSA
COP
CPP
CDP
CNJ
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
FADU

 

Aveiro

Avenida Santa Joana, nº 67 e 69

3810-329, Aveiro

tel: (+351) 234 421 125

 

Lisboa

Avenida Professor Egas Moniz

Estádio Universitário de Lisboa, Pavilhão nº1

1600-190, Lisboa

tel: (+351) 217 818 160

 

e.mail: fadu@fadu.pt

 

 

Newsletters

Social

ptenfr

FADU - Todos os Direitos Reservados © 2015
Desenvolvido por Drop Agency

Este website utiliza cookies que permitem melhorar a sua navegação. Ao continuar a navegar, está a concordar com a sua utilização. O que são Cookies?