Universíadas Gwangju 2015: Joana Cunha vence medalha de prata no Taekwondo


Portugal venceu hoje, dia 9, a sua segunda medalha na 28ª edição da Universíada de Verão. Desta vez é de prata e na categoria -57kg em Taekwondo. Esta é também a primeira vez que o país é medalhado nesta modalidade nas Universíadas. O dia foi também positivo no Andebol, que acumulou mais uma vitória, e no Atletismo, com o apuramento de Diogo Ferreira para a final de Salto com Vara e de David Lima para a meia-final de 200m.

“Estou muito feliz com o resultado. Combate a combate fui melhorando o meu jogo, ficando mais focada e concentrada e creio que foi isso que me levou até à final. Foi um dia maravilhoso sem dúvida, quero agradecer a todos os presentes pelo apoio e pelos que foram acompanhado de Portugal”, exalta Joana Cunha.

As atenções estavam viradas para as duas finais nas modalidades de Atletismo, onde Marta Onofre disputava o Salto com Vara, e de Taekwondo, na categoria de -57kg, prova para a qual Joana Cunha lutava desde a manhã coreana.

No pavilhão, Joana Cunha disputava o último combate depois de ter vencido as quatro adversárias anteriores. O primeiro confronto deu-se frente à sérvia Radmilovic (3-1), seguida da australiana Frayne, onde conquistou os três pontos da vitória logo na primeira ronda.

Nos quartos-de-final, Joana encontrou-se com uma adversária já conhecida e com quem tinha perdido no mundial. Mas esta prova tinha um destino diferente e Joana dominou a húngara Edina Kotsis. Com o resultado de 6-1, carimbou a passagem para as meias-finais, onde voltou a defrontar uma cara familiar.



Com um historial de quatro vitórias sobre a portuguesa, uma delas nos I Jogos Europeus, em Baku, a sueca Nikita Glasnovic deu luta. Novamente, Joana Cunha foi superior e, com uma vantagem menor (3-2), voltou a vencer, deixando o bronze de parte e ambicionando agora o ouro.

No combate final, a atleta do país anfitrião, Sohee Kim, foi mais forte e venceu a prova por 6-0. Joana Cunha venceu assim a medalha de prata, segunda de Portugal nesta edição das Universíadas e a primeira nesta modalidade naquele que é o maior evento do desporto universitário.

Ainda no Taekwondo, Nuno Costa competiu na categoria de -68kg. Dominou o primeiro combate e venceu Juan Cipriano, das Filipinas, por 13-1, apurando-se para a ronda seguinte. Com uma vantagem de seis pontos, o russo Minin impediu o português de passar à próxima fase, terminando assim a prova em 17º lugar.

Enquanto isso, no estádio, Marta Onofre, novamente sob más condições climatéricas, enfrentava a final de Salto com Vara. Foi superando as várias alturas, mas a barreira dos 4.15 foi o máximo que a portuguesa conseguiu passar, ficando assim em 8º lugar da tabela classificativa final.

“Fiquei triste com a marca e com o lugar. Acho que podia ter feito melhor porque senti que estava num dia em que tinha ótimas condições para saltar, não necessariamente climatéricas, mas porque estava motivada, estava a correr bem. Foi uma questão dos vários acertos que houve, como a troca de vara e os postes, que andam para trás e para a frente, que não conseguimos acertar na altura certa”, afirma a atleta.

David Lima também disputou hoje as duas rondas de qualificação para a meia-final de 200m. Com 21.04 na primeira ronda, resultado que o colocou em 2º do grupo, e 21.06 na segunda, conseguiu apurar-se para a meia-final que decorre amanhã, dia 10, às 17h20. Caso consiga passar à final, esta está agendada para as 18h20.



No Salto com Vara masculino, Diogo Ferreira colocou Portugal em mais uma final, ao conseguir qualificar-se hoje. “As qualificações são sempre mais complicadas, porque temos aquela pressão de passar a marca de qualificação direta, os adversários são sempre de altíssimo nível, por isso há sempre uma maior pressão. Visto que consegui superar algumas dessas adversidades, agora no final já não há tanta pressão, porque vai ser sempre a tentar descartar, adversário a adversário. Por isso vou tentar fazer o melhor possível e obter o melhor resultado”, partilha Diogo. A final vai decorrer amanhã às 16h30.

Para terminar o dia em grande, Portugal voltou a vencer no Andebol. A Seleção Nacional Universitária derrotou a equipa do Japão por 32-24 e segue para o penúltimo jogo da fase de grupos, com a Hungria, amanhã, às 20 horas.

Amanhã, dia 10, Daniela Cardoso vai competir, às 7h30, na final de 20km de Marcha e Miguel Moreira vai competir nos 800m. No Taekwondo, Rui Bragança compete na categoria de -58kg e Jean-Michel Fernandes na de -80kg. O estudante-atleta português que vai competir no Ténis de Mesa entra em competição amanhã e tem o seu primeiro desafio às 10h30, contra o brasileiro Danilo Toma.

Nota: as horas anunciadas são horas locais. Em Gwangju são mais oito horas do que em Lisboa
e-max.it: your social media marketing partner
 

Apoios Institucionais

Governo Português
IPDJ

Patrocionador Principal

Jogos Santa Casa

Parceiros

COSMOS
CISION

Membro

FISU
EUSA
COP
CPP
CDP
CNJ
FADU

Avenida Professor Egas Moniz
Estádio Universitário de Lisboa, Pavilhão nº1
1600-190 - Lisboa

e: fadu@fadu.pt
t: (+351) 21 781 81 60
f: (+351) 21 781 81 61

Newsletters

Social

ptenfr

FADU - Todos os Direitos Reservados © 2015
Desenvolvido por Drop Agency

Este website utiliza cookies que permitem melhorar a sua navegação. Ao continuar a navegar, está a concordar com a sua utilização. O que são Cookies?