Voleibol e ténis chegaram esta terça-feira

 

Com a contagem decrescente a dar as últimas para que comece a 30.ª Universíada de Verão Nápoles 2019, foi a vez de chegarem as comitivas do ténis e do voleibol masculino. Os tenistas chegam para competir na cidade napolitana, a equipa orientada por João José competirá em Salerno. Antes disso, foi tempo de hastear a bandeira portuguesa na Stazione Marittima, em Nápoles, onde estão ancorados os navios cruzeiro que servem de casa a milhares de atletas-estudantes por estes dias.

 

Portugal compete em duas modalidades nesta edição da Universíada de Verão e uma delas é o voleibol masculino. Dos convocados para dar o melhor na quadra por Portugal, está Miguel Sinfrónio, central que alinha pelo Sport Lisboa e Benfica, e aluno na Universidade Lusófona de Humanidades e Tecnologias, onde frequenta a licenciatura em Ciências Políticas e Relações Internacionais. ‘As equipas que estão no nosso grupo são muito boas, os Estados Unidos e a Rússia têm sempre bons desempenhos e a Coreia e a China também são grandes equipas, embora não sejam tão ‘grandes’ em termos de altura. A meu ver temos boas hipóteses de passar à próxima fase, se conseguirmos manter o foco. Vão ser jogos muito disputados. O ambiente da equipa é espetacular, brincamos quando temos de brincar e jogamos quando temos de jogar, sempre com objetivos mas também com vontade de desfrutar da modalidade que amamos. A competição em si que tem particularidades muito especiais’.

 

Ana Santos, atleta do Clube de Ténis do Paço do Lumiar que ocupou o terceiro posto nos Jogos Europeus em Coimbra e que frequenta mestrado de Engenharia de Micro e Nanotecnologias na Universidade Nova de Lisboa, também foi uma das estudantes-atletas que chegou hoje e falou das primeiras impressões. ‘Já participei em alguns europeus universitários, pela Seleção Nacional participei em alguns europeus individuais e de equipas, como os CPLP, mas cada competição é diferente e vai ser uma experiência única!’, vaticinou à chegada. ‘Empenho, muita garra e muita competitividade’ são as palavras de ordem da tenista, que vê nesta chamada uma oportunidade única. ‘Ser atleta e estudante é uma mais valia para todos! Claro que não é fácil mas ter a oportunidade de disputar competições como esta, onde não só representamos a nossa universidade mas também o nosso país, é uma grande mais valia e um orgulho enorme’ salientou, mostrando-se grata pela chamada a Itália.

 

Esta terça-feira teve ainda lugar a cerimónia de hastear da bandeira, junto ao cais da Stazione Marittima, onde Portugal marcou presença com uma comitiva composta por várias modalidades e respetivos atletas e oficiais. A cerimónia de abertura está marcada para a noite desta quarta-feira, no estádio San Paolo. 

 

De referir que a competição arranca já amanhã. Bernardo Almeida e Guilherme Campos (ginástica artística, 10 horas, menos uma em Portugal continental) e a equipa de basquetebol feminino, que defronta a equipa da Argentina na primeira jornada do grupo B às 10h30 (09h30 em Portugal continental), serão os primeiros a competir. 

e-max.it: your social media marketing partner
 

Apoios Institucionais

Governo Português
IPDJ

Patrocionador Principal

Jogos Santa Casa

Parceiros

COSMOS
CISION

Membro

FISU
EUSA
COP
CPP
CDP
CNJ
FADU

Avenida Professor Egas Moniz
Estádio Universitário de Lisboa, Pavilhão nº1
1600-190 - Lisboa

e: fadu@fadu.pt
t: (+351) 21 781 81 60
f: (+351) 21 781 81 61

Newsletters

Social

ptenfr

FADU - Todos os Direitos Reservados © 2015
Desenvolvido por Drop Agency

Este website utiliza cookies que permitem melhorar a sua navegação. Ao continuar a navegar, está a concordar com a sua utilização. O que são Cookies?